terça-feira, 13 de outubro de 2009

Sonho meu


Se tu soubesses, meu amado
Se tu soubesses sonhar...
Os dois fugiríamos a cavalo, pelo prado
Na procura do mistério, a germinar

Se tu soubesse, meu amado
Se tu soubesses voar...
As asas brancas seriam nosso voo alado
Na procura do infinito, sem findar

Se tu soubesses enfim, amado meu
O que eu sou para ti, e tu para mim
E o que existe, para além do imaginado...

Se tu soubesses, como sonho no céu
Que beleza seria o mundo! - enfim:
Um mundo azul, de sonho encantado!

12 comentários:

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!

Todos sonhamos com um mundo azul,

azul mesmo, da cor do céu e do mar!

Beijinho

***********************

Tal como me diz

talvez então nos encontremos ma 5ª feira, na Barata.

Seria um grande prazer.

Mas se não poder ser e mesmo assim quiser o livro autografado
eu posso mandar daqui (com uma oferta extra)

Bjs

Maria disse...

Podemos sempre ensinar alguém a voar, ou a sonhar...

:))

Beijos

AnaMar (pseudónimo) disse...

O mundo é azul.
E ele sabe sonhar, apenas receia libertar esse sonho..Será?
Bj

Áurea disse...

Este poema é de sonho
E quem não gosta de sonhar?...
Este blog é um sucesso
Que não deixo de visitar

Neste céu azul me deito
Entre o luar e a folhagem
Para dormir e sonhar
Não pode haver muita aragem

Porque se o vento vier
Sem me poder libertar
Fico no meu pensamento
E isso não é sonhar

Beijo de parabéns pelas lindas poesias.
Áurea

clic disse...

Afinal, que culpa tem o cavalo?!... :)))

DE-PROPOSITO disse...

Se tu soubesses,
------------
Afinal de contas há tantas coisas que não sabemos!
-------------
Que a felicidade ande por aí.
Manuel

O Profeta disse...

Corre assombração
Vai para outro mundo numa toada de vento
Afasta de mim este cálice
Deixa-me aprisionar a morte na vida por um momento

Deixa-me sentir com a alegria dos sentidos
Deixa-me acreditar no voo do por-do-sol
Deixa-me beijar as águas de um lago feliz
Deixa-me navegar sem rumo, perder o control



Mágico beijo

Baila sem peso disse...

Vieira Calado

Espero que quinta-feira tinha sido sucesso
Eu andava para outras bandas, de Lisboa
Obrigada pelo azul que ficou pintado
Com a simpatia, tenho o gesto autografado!

Agradeço e obrigada...um dia eu espreito
E na livraria...vou passear com jeito... :)
Beijo meu

Maria

Podemos sempre ensinar
Quem quiser aprender!...
Já pensaste que alguns têm vertigens
E outros nem conhecem as origens?...:)

Beijo para quem sabe bem
O que sonhar e voar,
não tem nenhum porém! :)

Anamar

O mundo é azul, mas não será tão singelo
Acho que uns o vêm verde, outros amarelo
E também os há que o pintam em arco-íris
Meu amado acho que deixou a branco e preto
As asas ficaram caídas...e o sonho foi secreto :)
Beijo

Áurea

Pois não, não é o pensamento sonho
Mas eleva o pensamento, sonhar...
Experimenta fechar olhos na Viagem
Deitada no verde, da folhagem
E repara...como a cavalo do vento
Te elevas secretamente, na mente
E o sonho na noite, te trás doce madrugar!

Obrigada amiga, pela tua visita
Tua presença é bonita,
faz-me sorrir, acredita!:)
Beijinho

clic

Ah, o cavalo!!! E tu já viste
Alguma vez aquele belo ser
A correr pelo verde que existe
Na beleza, que encerra acontecer?

Mas vá lá, pronto não tem culpa não!!
Afinal dois sonhos em cima da beleza
Só podia dar mesmo, era estranheza! :)

Beijo, e para a próxima só sonho no chão!:)

DE PROPOSITO

Muitas coisas mesmo, na verdade
Quanto mais aprendemos
Mais sabemos, que nada sabemos

Mas obrigada pela tua amizade
E a felicidade seja também teu caminho
E fica também meu beijinho!

O Profeta

Deixa-nos sim, assombração...
Deixa-nos mesmo no meio da ilusão
Cantar no meio das águas em purificação
Perder o controle, com magia no coração!

Beijo purificado pela chuva abençoado


e para todos muito obrigada
no meu sonho, me senti acompanhada :)

poetaeusou . . . disse...

*
belo poema, amiga,
,
quero imaginar
e definir mistérios
critérios
que procuro encontrar.
,
amadas brisas,
,
*

Baila sem peso disse...

poetaeusou

obrigada pelo teu estar!
belo é sim, o sonho alado
encantado por mistérios
na procura, do nosso fado...

amados sonhos encantados

juvenal disse...

O sonho, por vezes, engrandece tanto a alma que parece mais valer sonhar do que viver. Mas sempre que a manhã subjuga a noite, sobra-me a certeza de que viver também é uma forma de sonhar: um mundo azul, a germinar...

juvenal

Baila sem peso disse...

um mundo azul a germinar...
sim, na verdade é um pouco isso...
Por vezes na manhã, ou na noite
sobram cores, para lá do sonhar...
Vivemos ou sonhamos?
Tão difícil é, por cá andar...
Mas pronto...vai...
um beijo embrulhadinho
num tom de vida, azulinho
sem mais nenhum ai :)