segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Ao futuro...


Vermelho sangue nas veias correndo
Com baguinhas de cor nas entranhas
Nasce assim um novo tempo crescendo
Sem saberes como na vida te amanhas

Vais secretamente bonança desejando
Com sede de beber de pura condição
Apenas com ansiedade sussurrando
Às veredas, das paredes do coração

Ah, como é incerto o tempo, o caminho
Como avistas ao longe turva ilusão
Mas a tratas mesmo assim com carinho...

Quantos tempos, quanto do teu chão
Retratas nas feituras do teu ninho
E quanto Amor entregas na tua devoção!...

10 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
amiga,
,
nas minhas veias
navega o meu carinho
anda em busca de um ninho
cansado com a porfia
onde o canto da cotovia
plagiam as sereias
embalando as areias
caminhos dos meus enleios !
srsrsrsr !
,
carinhosas conchinhas !
,
*

Fa menor disse...

E que o sangue, vermelho e quentinho, seja sempre um pulsar de coração para coração.

Bjos

Baila sem peso disse...

poetaeusou

meu amigo desculpa a minha ausência
fruto de cansaço e alguma diferença
no movimento das peças da vida
com algum xeque-mate em base florida
:))))
guardo o teu carinho
com todo o miminho!!
:))))
e toma lá mais um beijinho :)

Fa menor

desculpa também menina musical
é que o meu Ano até começou menos mal
só que o tempo é tão curtinho
que ainda não deu para ir ao teu espacinho...
para trocar esse pulsar de sangue quentinho
que se dá na troca de tanto carinho!

bjinho do coração

alcinda leal disse...

Viva!
Bom ano!
Passei por aqui, li o seu poema e ,como sempre,gostei!
Beijinho
Alcinda

Sonhadora disse...

Que o teu novo ano seja mais calminho
Que seja certo o teu tempo e o teu caminho
É o que te desejo com todo o carinho.

Beijinho

Maria júlia

Multiolhares disse...

tudo se renova, essa foto está uma delicia, que as paredes do teu coração estejam serenas e sintam o pulsar desse sangue de amor que em ti vive
que tenhas um ano lindo
beijinhos

Carmo disse...

Vermelho, vida a pulsar dentro de nós.

Um abraço

Boa semana

Baila sem peso disse...

alcinda leal

Viva menina Alcinda
Seja de novo muito bem vinda!!
Agora sou eu que ando a fazer gazeta
Espero que a ternura aqui não se comprometa!
E com um beijinho
Selo o meu recadinho :)))

Sonhadora

E para ti avezinha, também meu carinho
Desculpa a ausência nos teus cantinhos
Mas ouve uma (boa!!!) revolução no meu ninho...:)
Ando em fase de mudanças
E ainda não acertei o relógio biológico
Que está meio desaparafusado
Mas espero que com tempo possa aqui andar
Para melhor as minhas rimas conjugar :)))

Beijinho também para ti

Multiolhares

É isso aí...e que renovação ouve...
A minha alma está a navegar noutras águas
Onde cantam muitas criancinhas contos de fadas
Pois...fresquinha que nem alface ou couve
Numa escolinha de gente pequenininha
Com aspirações já a senhores maiores...:)))
(acumulei ao artesanato funções de monitora
...agora o tempito anda escasso
mas vou ver se não me embaraço!!!):)

e fica beijito no regaço!

Carmo

Sem dúvida que sim...a pulsar e bem!!!
Anda num frenesim de vai e vem
E sinto-o a pulsar em mim...
Tal como tu florinha singela
A papoila simples mas tão bela :)))

Um abracito e vou ver se não atraso meu versito:)

e a todos que têm passado
acreditem que tenho muita saudade
mas tem sido dificil matar esse fado
pois o tempito anda noutra verdade!
Beijitos e versitos meio escritos
e prometo que passo nos vossos cantitos
assim que acertar o meu calendário...
(sim...`tou com saudadita daqui
mas agora tenho de andar por ali,
acolá, mais além...mas em bom cenário):)
A fase de transição, trás uma certa desarrumação!:)

Parapeito disse...

:) Bonito este futuro
Vamos Acreditar
brisas mansas para ti nina*

Baila sem peso disse...

Parapeito

Mais bonito que o teu
que agora acabei de saber
não pode ser!
Deves estar extasiada!!!
Que o Futuro nos dê então
brisas mansas na sua estrada...
É preciso Acreditar!!!...
a cada esquina um renascer
de vida nova a cantar!

tudo de bom nina****