quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Mãos


Mãos estendidas, mãos cansadas, mãos carentes
São assim as mãos em clamores ardentes
Não fossem elas mãos do meio de tanta gente
Poesia de um sentir pedinte de coração quente

Possam lavar-se em mares de gratidão
Possam pisar as ternuras de terno chão
Voando com asas de ave, feito falcão
Sonhando que entrelaçadas sempre se dão

E em seus segredos de cansaços e incertezas
Possam ainda enfeitar o carinho de muitas mesas
Com a alma que vão tendo em suas certezas...

Não, não te pedem o mundo, nem o universo
Somente que haja paz em cada verso
E as suas rugas somem, todo o amor que está imerso!

(escrito a 02/01/2011)

13 comentários:

Fa menor disse...

Belíssimo!

As mãos... as mãos são tanto para se erguer em oração como para se deitar a uma luta que é preciso vencer.

Que as mãos não se cansem de amar.

Bjos

Carmo disse...

As mãos... com tantos significados....

Um abraço

Boa semana

Parapeito disse...

bonitas estas mãos...
como disse Eugénio de Andrade
"Só nas minhas mãos
oiço a música das tuas."
brisas doces para ti*

Baila sem peso disse...

Fa menor

Obrigada por teu estar menina musical!
Amor nas mãos para dar
e agarrar a vida balancé tal e qual
que nos trás numa luta sem igual...
dosear q.b. de sonho e oração
e embalar o nosso coração :)

beijitos

(ando sem tempo, minha amiga!
assim que conseguir passo no teu cantinho mesmo que comentar não consiga, leio-te e deixo um beijinho de carinho!)

Carmo

Neste momento para mim são mais de mil
significados com muitos predicados
juntinhos fazem um só, coado por funil :)))
Mão cheia de toque primaveril...

Boa semana tb pa ti
abracito

Parapeito

Obrigada pelo teu dizer
e desculpa a minha ausência nina
assim que conseguir explico
(além do artesanato
tenho nova ocupação
que me aquece o coração
- com crianças imagina - )
e o tempinho é curtinho
mas vou tentar organizar-me
e sempre que puder dar vida ao cantinho...
aqui nas mãos de todos
onde sempre encontrei tanto carinho!!!:))

Brisas doces para ti****
(e não te esqueças dá cumprimentos meus aos bichinhos!:)
...e já há gente nova no teu "jardim"???!!):)

Multiolhares disse...

as mãos tanto podem fazer , dar,quantos carinhos abraços nos fazem sentir elevados no céu
beijinhos

retrato disse...

Mãos que agarram um "Sol" que lhes dá cor, que eleva a chama desse coração lutador e grande na ternura que aquece as palavras, o poema.
O mar, o seu brilho, a frescura de uma maresia que perfuma e regenera,
a "certeza" de amares, num estado "emerso", o muito que queres e tens para dar.

Lua disse...

Mãos que ser juntam e se unem como um só e que abrem caminhos pelos mundos díficeis! Mãos que tornam tudo mais fácil e agradável... Mãos que nos tiram os pés do chão... enfim, mãos!

Lua

Vieira Calado disse...

Diz-se que os olhos

são o espelho da alma.

Mas as mãos também!...

Beijinhos

Teresa Durães disse...

por vezes parece que pedir isso é muito

Vivian disse...

...beijo estas mãos que
deitaram por cá, tão lindas
e poéticas palavras!

saudades...

Baila sem peso disse...

Multiolhares

Sem dúvida que sim
As mãos podem ser pura mímica
Um carinho que fala feito cetim
Onde a veste da alma se purifica :)

Beijinho fica

retrato

Obrigada pela palavra nesse “retrato”
Quem fala assim parece que me conhece :)
Comovido o meu coração agradece
E a mão em gesto de ternura acontece...

Carinho que transparece emergindo!

Lua

Lua muito obrigada pela tua aparição!
No sítio onde deixaste tua mão
Fica um sorriso do coração :)

(ando com as mãos muito ocupadas
e é raro agora deixarem os pés
percorrer estas “estradas”) :)

Vieira Calado

Pois...as mãos seguram o espelho
Enquanto a alma se penteia
E põe no cabelo um lacinho vermelho :)

Beijinhos poeta amigo

Teresa Durães

Pedir as mãos para amparar
Dar as mãos para ajudar
Entrelaçar as mãos no caminhar...
Tudo isso minha amiga
Nunca é demais na cantiga
Que faz a amizade ser querida!...

Beijinho de carinho

Vivian

Obrigada pelo beijinho
E pelo teu carinho
Saudade de por aqui andar
Também faz em mim ninho
Mas outros poréns tão urgentes
Atrapalham as vidas das gentes!:)

Beijinhos

continuo atarefada
mas vou espreitando sempre que posso
e deixando um recadinho aqui ou acolá
sempre que o tempo p`ra isso dá :)
até um dia destes, amigos...
em que a vida, a folga me dará! :)

notyet disse...

OLHA !!! tENHO VOADO TÃO POUCO, MAS HOJE POISEI AQUI E DEPAREI, COMO DE HÁBITO, COM UM BELO POEMA DE LOUVORES ÀS MÃOS, PODEROSAS SENHORAS DO TOQUE E TÃO DIFICEIS DE DESENHAR.
BEIJINHO

Baila sem peso disse...

notyet

Obrigada pelo miminho
que pousou aqui no cantinho
com tuas mãos de carinho!!

Meu suave toque de ternura
na suavidade, sempre amiga tua**