sábado, 26 de março de 2011

Tempo...


No verde do tapete do tempo
fica um azul desenhado com verdade
pináculo humano do contratempo
desenhando caminhos de saudade...

7 comentários:

Fa menor disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fa menor disse...

Um respirar de ar puro entre o verde e o azul...

:)

Beijinhos

Carmo disse...

E assim se constrói a nossa identidade.
Um abraço
Boa semana

Parapeito disse...

...ai o tempo!!!
Algum deixa tanta saudade...
brisas doces nina***

DE-PROPOSITO disse...

A 'saudade' por vezes, dói.
-------
Felicidades
Manuel

Olinda Melo disse...

Sim.O tempo e a saudade andam de mãos dadas.

Beijos
Olinda

Baila sem peso disse...

Fa menor

E que respirar este menina musical!!
Os pulmões fazem zen em toque divinal!
:)
Beijinhos

Carmo

A nossa identidade e não só...
Um pouco da nossa liberdade
Mesmo pensando em saudade :)

Um abraço

Parapeito

Pois é, nina azulinha...
Saudade d`aqui e d`acolá
O tempo tantos nos dá! :)

Brisas bem docinhas***

DE-PROPOSITO

A saudade dói quando magoa
Tal como um fado, que ecoa :)

Felicidade tb pa ti

Olinda Melo

É isso aí ´ó linda`, é isso aí...
O tempo dá a mão
E a saudade mói o coração :)

Beijos

para todos a minha saudação
e a saudade de não ter tempo
para estar aqui, sempre em rimação :)