sexta-feira, 11 de março de 2011

Voo de asas ao luar...


Vieste pela noite no teu andar
algo caprichoso, algo misterioso
em grandes vagas de carinho
pousar no meu mar, devagarinho...
Como se a luz da lua
tivesse um segredo escondido
assim tinhas tu teu olhar
meu menino querido!
Sê sempre tu, meu anjo amigo
e em cada fase do teu luar
as asas estarão sempre contigo!

9 comentários:

tb disse...

Liberdade...!
beijinho

Parapeito disse...

lindo Baila :)
E que possam sempre essas asas voar junto com as brisas doces.

DE-PROPOSITO disse...

Vieste pela noite
---------
Nem sempre a noite é boa companheira.
-------
Felicidades.
Manuel

Fa menor disse...

Gosto sempre muito da tua poesia, em palavras e imagens!

Bjos

helia disse...

" Voo de asas ao Luar..."
Muito poético e bonito!

Eduardo Aleixo disse...

roçagar lindo e suave e doce de asas. saudades tinha de te ler. Bjo

Olinda Melo disse...

Olá, Baila sem Peso

Vieste.../em grandes vagas de carinho/pousar no meu mar, devagarinho...
Lindas as imagens que estas palavras nos transmitem!

Gosto sempre de ler os seus poemas e vou voltar.

Beijo

Olinda

Baila sem peso disse...

tb

Sem dúvida alguma
Na liberdade da vida
Têm-se asas em guarida :)

Beijinhos minh`amiga

Parapeito

Claro que sim, que vão voar
Ou não fossem elas do ventre
Que as fez gerar :)

Brisas doces tb pa ti nina :)

DE-PROPOSITO

As noites são como os dias...
Têm choros e alegrias!
Esta comemorou anos de poesia
(Mãe viu nascer sua cria!) :)

Felicidades tb pa ti Manuel

Fa menor

Ficamos empatadas assim!!! :)))
Tocas com tuas palavras em mim!
Pena agora andar tão cansada...
Logo, logo passarei na tua estrada :)

Bjos menina musical

helia

Como sempre, um elogio tão doce...
Uma seara ondulante sem sentir a foice :)

Beijinho

Eduardo Aleixo

Saudades, loucas saudades...
Com o teu dizer roçando
O carinho da tua amizade!

Beijo

Obrigada a todos que ainda me visitam
E de mim ainda não se esqueceram
Espero que com carinho consiga responder
Ao vosso carinhoso esmero :)


(11/03 - neste dia especial, pela madrugada
nasceu meu filhote, seus 19 anitos,
data bem recordada e amada!:)...)

Baila sem peso disse...

Olinda Melo

Obrigada pelo elogio
que vem doce e amigo
o meu coração o sentiu
e o agradece em abrigo!:)

Beijo