sexta-feira, 14 de maio de 2010

Chuva


Cada gotinha tua é um verso de cristal
Lavas e perfumas a terra do teu quintal
E prometes deixar tudo com ar cerimonial!

És quem abençoa a vida pelo caminho
Vou deitar-me em ti, qual lençol de linho...

Mas não demores muito a limpeza
Que o sol também quer vir na sua certeza
E eu quero sentar-me com ele à sua mesa!

8 comentários:

Baila sem peso disse...

Vou ter que andar por fora do espacito, mais uns diazitos, não posso ainda visitar vossos cantitos! Espero em breve o tempo e a claridade da vida o permita! A todos muito obrigada pela vossa visita!

poetaeusou . . . disse...

*
olha cristais,
que singeleza,
são estalactites
ou estalagmites
feitos pureza !!!
,
Até ao teu volver
maresias, deixo !
*

Eduardo Aleixo disse...

Amiga: não sei o que se passa, mas desejo que o sol venha, a claridade te inunda, e a paz regresse depressa. Um abraço.

clic disse...

Sem chuva nada floresce
Nem flor nem bicho nem gente
Ela cai e tudo cresce
Desde que haja semente

:)


(Espero que tudo corra bem...)

mmeloup disse...

E a chuva já se foi, e hoje finalmente vieram os calções.:)

__________



www.mmeloup.wordpress.com

DE-PROPOSITO disse...

A chuva, uma benção dos céus. É que sem água não haveria VIDA, pelo menos como a conhecemos.
-------
Felicidades.

Baila sem peso disse...

poetaeusou

Obrigada pela tua maresia
E por me teres feito companhia

(tudo vai caminhando
no sentido de que o tempo
na idade é um condimento
sem hora nem momento…)

Um beijinho e venha o sol
para as banhocas no azul lençol :)

Eduardo Aleixo

Obrigada meu amigo por me visitares
O sol já chegou a paz sempre navegou
Era preocupação de filha pela mãe
Mas o pior por hora, já passou!!!!

(ando um pouco ocupada com vai e vem
mas vou tentar deixar um pezinho
sempre que houver um momentinho)

Um abraço e vamos festejar, o sol a brilhar :)

clic

Desde que haja semente
Com boa qualidade
Veremos nascer luz ardente
Pelo campo e pela cidade
;)

(tudo vai indo…devagarinho
dentro do “próprio da idade”)

Obrigada pela tua presença
Sempre com tanta vivacidade!

mmeloup

Achas que já temos condições de calções?
É que então vou já enfiar o chinelinho
Não tarda nada estamos na praia ao solinho
Biquini, óculos de sol…ah, mas nada de escaldões!
:)

a todos que passaram pela chuva
se deliciem com sol e comam de doce uva

Baila sem peso disse...

DE-PROPOSITO

Na verdade, assim como o sol...
A árvore só dá fruto
se tiver luz e água
no seu caminhar resoluto!:)

Um beijo com amizade
e também montes de felicidade