quarta-feira, 7 de julho de 2010

Só para ti



Branco e salgado, verde e temperado
Corrias bravio, pela cor do céu alado
Com música de violinos, feita de areias
Entoavas valsas no cimo de ameias
Soltavas taças de claras em castelo
Entontecias os meus sonhos em novelo
E vinhas ter comigo beijar meus pés
Numa barquinha dentro de seu convés...

Ai, que perfume que soltava na maresia
Teu corpo bronzeado pela doce fantasia...

E qual som, qual tom, qual toque em condição
De me teres só para ti, num verso sempre à mão!

...e senti a comoção bater dentro de teu coração...

9 comentários:

Maria disse...

Laços com sabor a maresia e cheiro a sargaço...

Beijo.

helia disse...

Lindo Poema e uma Foto também muito bonita!

clic disse...

Dentro de seu coração
Perfume de maresia
Uns dias sim outros não
Maré que vinha e que ia

:)))

poetaeusou . . . disse...

*
que belo poema
cheirando a salitre !
,
olhas as algas
formando um castelo
limos entremeados
que encantam o olhar,
são valsas salgadas
em palcos sal
musicas solfejadas
que sabem a mar !
,
estimas,
de maré cheia,
,
*

avezinha disse...

Também o meu coração bate comovido
ao ler este poema tão sentido.

Beijinhos e uma boa semana.

Só Eu (Ricardo) disse...

Muito bonito e tão cheio de sabores de mar. Gostei muito
Parabens e beijinhos
Ricardo

Vieira Calado disse...

O cheiro da maresia despertou

as emoções neste bonito poema!

Saudações poéticas

notyet disse...

Parece até uma laçada de nó duplo
coisa hoje pouco em uso.
Continuo na minha, quase todos tem razão

Baila sem peso disse...

Maria

Laços com sabor a saudoso abraço
Que guardo dentro do “meu espaço”
Com cheirinho bom a carinho e maresia
Que lava sonhos da minha fantasia…:)

Beijo de laçarote enfeitado

helia

Obrigada sempre pela doce simpatia
De achar beleza, para minha alegria :)

Beijo de simpático carinho

clic

E assim é a condição da maré…
Umas vezes está cheia e molha o pé
Outras vazia, e muito me arrelia :)
Ou não…depende do dia! :)))

Beijo brincalhão

poetaeusou

As minhas quimeras e utopias
Sabem sempre a castelos e fantasias
E quando sopra o vento no mar
Vêm as brumas e as marés de sal enfeitar
E ao coração falar aos amigos da minha afeição :)

Beijo de grande estima

Só Eu (Ricardo)

O Mar é um sabor que me faz vibrar!
Ainda bem que te agradou este desejar…
E obrigada por me vires visitar :)

Beijo de sabores poéticos

Vieira Calado

Na verdade a maresia tem esse poder
O despertar em nós de emoções a ferver :)

Beijo de saudações poéticas

notyet

Laço é doce delicadeza
Nó é prisão na certeza…
Laçada de nó duplo
Será a junção
Com que se prende o coração? :)
A razão não pertence a ninguém
Mas em intenção será de alguém…
O poema depois de escrito
Passa a ser de todos,
Cada um faz seu veredicto
Conforme o seu “acredito”…:)

Beijo com nó de laçarote

e a todos que passaram um beijo esvoaçou
com sabor a maresia, para quem o apanhou :)