domingo, 14 de março de 2010

Amor (fica pertinho)


Não fujas maré de água viva, em chama
Que em fogo lento, tua brisa vai no vento
Fica pertinho de mim, me toca, me ama
Deixa-me beber em teu corpo de sustento.

Não fujas luar de Janeiro em corpo inteiro
Nesse azul de rosa, que vai no firmamento
Deixa junto a mim, sabor maior feiticeiro
Fica pertinho de mim, sê o meu convento.

Quero-te tanto e mais, em tal envolvimento
Que não sei cantar as trovas do pensamento
Só sinto o Verbo a nascer, por dentro a doer...

Fica pertinho de mim, quero de ti beber...
Farei para que no estar, possas entardecer
E só Afrodite suspire no nosso casamento!

14 comentários:

clic disse...

Já é Março sem luar
'Inda o "Amor" não vislumbro
E já que é p'ra casar
Só com luz eu me ressumbro

:)))

O Profeta disse...

Imagino o canto maternal das baleias
Como doce e sentida balada
Imagino um beijo na procura
De uma fugidia criatura amada

Um domador de ventos e tempestades
Uma viagem de aventuras repleta
Serei eu um herói de comédia de enganos?
Ou apenas um pobre e louco poeta

Doce beijo

Eduardo Aleixo disse...

Pertinho de mim: convento!
Com ou sem vento
Casamento assim,
sim, ao relento!
_
Beijo

Artur Gonçalves Dias disse...

beleza nas palavras
deleite no coração


Saudações

poetaeusou . . . disse...

*
Oh Afrodite
faz-me teu Verbo
feiticeiro escravo,
água da fonte
ponte de fogo,
quero ser sabor,
o teu Adónis !
,
conchinhas mareantes,
,
*

helia disse...

Muito lindos o Poema e a Foto!

eco disse...

lindo blog :)

eco

Eduardo Aleixo disse...

Regressei no vento
Bailando se peso
Leve levinho
E deixo beijinho

Eduardo Aleixo disse...

Rectifico:
bailando sem peso

a.mar disse...

"São Flores que aqui trago. São flores."

Um Abraço de Poesia!
Vim aqui ter pelo eco

Maria disse...

Deixa que chegue Março
Abril do meu coração
O Verbo a nascer é abraço
E o teu amor o fogo da paixão.

Beijo
:)

Baila sem peso disse...

clic

Só com a Luz te ressumbras
Então já pouco que esperar
Que no Amor tu vislumbras
Basta a Primavera a chegar

E nela tu vais dançar...
e eu um beijinho deixar :)))

O Profeta

Imaginas a Vida um Amor-perfeito
Numa terra de tempestades e enganos
Isso é próprio de poeta sem defeito
Pobre e louco, tem seus dizeres ciganos
Como se sina logo adivinhasse
E a Terra no Amor transformasse!

Beijo bailando na sina faiscando

Eduardo Aleixo

O convento é a nossa alma
Em que reside a força do vento
O Amor é que acalma
E se eleva, ao relento :)))

Beijo a esvoaçar com ternura do tempo

Artur Gonçalves Dias

Obrigada pela saudação
Que trouxe beleza e deleite
Vou guardar no coração
Para com carinho o enfeite :)))

Beijo a saudar com carinho a dançar

poetaeusou

È bem verdade que o Amor
É o caminhante eleito
Entre a magia e o efeito
Que provoca no poeta
Um dizer tão perfeito...
É Escravo, Senhor, Profeta
E no dizer tudo completa...

Beijo em formato conchinha na bochechinha :)))

hélia

Ainda bem que gostaste
Vou tentar não desapontar
E conseguir sempre que voltar
Um versinho, p´ra agradar

Beijo e agradeço bailando no apreço

eco

Já espreitei o cantinho do “eco”
E fiquei encantada
Se o meu achaste lindo
Foi porque caminhaste “tua estrada”:)))

Beijo em ecooooo silêncio de carinho

Eduardo Aleixo

Regressaste com o vento
Levezinho em pensamento
Bailando reforçaste
O carinho que deixaste :)))

Outro beijinho leva, a dobrar na entrega

a.mar

Nem sabes como sorri!...
“Ler Rainha Santa” no dizer a seu Rei
Não pelas flores, mas seus “louvores”
Um “parecer” aqui eu encontrei
Será que teu cantinho lê “amores”?! :)))

Abraço de Poesia em tua simpatia
Beijo e obrigada na visita de magia

Maria

E com Março, depois Abril a dançar
Não vamos o meu Maio esquecer
Que o Verbo anda sempre a delirar
Nas trovas do pensamento a arder :)))

Beijo do coração com a “dança” na mão

e a todos que passaram no Amor
desejo esse Bem sempre em vosso interior

tinta permanente disse...

Assim, o luar de Janeiro tem mais prata!...
abraços!

Baila sem peso disse...

tinta permanente

Sim, o Luar de Janeiro e do ano inteiro!!!
Era suposto que assim a Lua governasse
Num tamanho de seu tempo com Amor
E a todos sempre esse “condimento” entregasse!
Não só de prata, fosse até ao marfim...enfim!:)

Um abraço em teu interior, dançando beija-flor