domingo, 7 de março de 2010

Página de vida


Na página aberta de ecrã de branca luz
a letra bordada de romance ponto de cruz
no cimo do livro que leu "era uma vez"
lhe veio lembrança da vida que se fez
evocando aurora, navegando no passado
cresceu, ficou sem nome e cantou seu fado!

Era azul, era poema, era dor, era solidão
giesta, amor-perfeito, dente-de-leão
era cor de paisagem a suar maresia
que no topo da serra, uma árvore floria
era barro de lama, num corpo com frio
que no tempo do fogo se aninhou e sorriu!

Era tudo era nada, no cimo de alta alvorada
contando seu tempo, na sebenta amarelada
jardinando na estrada de estreito caminho...
um dia, página aberta de um livro sem lombada
abraçou pétalas e pedras do amor sozinho
e cantou destino, como deleitoso mosto de vinho!

14 comentários:

Maria disse...

Um abraço muito especial para ti, hoje.

E um beijo :)

Áurea disse...

Com um grande abraço vou partilhar,

Porque já
Dia da Mulher 8-3 – 2010

Hoje é dia da mulher
É uma data festiva
Com alegria e bem-estar
Aqui te queremos saudar
Com mais um ano de vida

É esposa e dona de casa
Sempre muito especial
Ocupa um lugar ao sol
Vai a tudo, entra no rol
È mulher fenomenal

Mulher com capacidade
Que se agarra à labuta
Mulher com liderança
Que não perde a esperança
Que na vida muito luta

Deixou p´ra trás muita coisa
Que outrora não fazia
É mulher linda e amada
Nesta vida mal fadada
Às vezes com agonia

É mulher feita de Luz
Ser humano carregado
Guerreira de fé e paz
Durante nove meses trás
“Fruto” no ventre gerado

Teu útero, primeiro ninho
De alguém que há-de nascer
Acolhes com amizade
E hoje sim, em liberdade
Esse bebé que é teu ser

Menina, mulher, e mãe
Mais tarde também avó
Consegues tempo p´rá amar
Sempre sem desperdiçar
Parte do teu tempo só…

Tu és chefe de família
Muitas vezes “mãe coragem”
Decidida, alegre e viva
Que mesmo estando sofrida
Não vais em “libertinagem”

Chora se o marido sofre
Chora p´los filhos também
Mas que não fica parada
Nem cruza os braços p´ra nada
É esposa, mulher e mãe!!!

Teu dia é Internacional
E toda a mulher merece
Ser tratada com amor
Seja em que país for
Teu nome é Universal

De Áurea da Mata
P.S.Desculpa a invasão...
bjo com muito carinho
Áurea

notyet disse...

Rimando na longa jornada
Que nos leva a tudo ou nada
Fica na luz e, como sempre, virada ao sol.

clic disse...

Cumpra-se então o destino
Dessa sebenta amarela
Lá dentro sempre menino
Por fora traços em tela


:)

Teresa Durães disse...

Lindo poema, gostei bastante deste teu jogo de palavras

alcinda leal disse...

Olá Amiga
Mais um lindo poema nesta página de branca luz a letra bordada de romance ponto cruz.
Obrigada pelas lindas lindas palavras co0m que nos presenteia.
Foi bom este seu dia?
Beijinhos
Alcinda

Vieira Calado disse...

E um bom vinho,

cheio de buliçoso ritmo,

encorpado,

apaladado,

gostoso!

Saudações poéticas.

Eduardo Aleixo disse...

Gostei muito desta página de vida. Os versos são melodiosos. Na página a vida assoma nas janelas dos desenhos rendilhados com bom gosto e elegância. É grande a riqueza das imagens belas.Um beijo.

poetaeusou . . . disse...

*
são coloridas
as tuas palavras
lavores desenhados
dedilhando a luz
em barro moldada
sorrindo ao vinho
cantando a alvorada
em paz e carinho !
,
Jinos ficam,
,
*

Multiolhares disse...

O poema terminou,
mas as páginas em branco do livro da vida continuou a serem escritas com a tinta colorida do arco iris
beijinhos

Baila sem peso disse...

Maria

Recebo e retribuo com atraso
Ainda que não tenha comemorado
Porque na verdade acho "maldade"
Lembrarem-nos que só temos um dia
Quando todo o dia é bênção no Ser
Seja ele Homem, Criança ou Mulher...
Temos tanto ainda que caminhar
E tu sabes, amiga Maria...sempre a lutar!

Outro beijo e abraço a reforçar!!! :)

Áurea

E é que tenho lutadoras aqui em força!
Mulher de armas, mãe...tanto item!!!
Para nós não queremos só um dia
Queremos que sejam todos iguais
Para nós e todos os demais...
Agradeço a tua poesia aqui deixada
Qual invasão, qual quê?!...
Disseste teu porquê! Bem dito já se vê!!!
Com muito carinho vai meu beijo
Áurea de Mata, felicidades te desejo! :)

notyet

Obrigada, tentarei sempre o sol
Que é uma Força que se cuida
Que faz a Vida ser girassol
Num campo de flor caída...

Um beijinho pelo teu estar
Que fez o sol mais brilhar :)

clic

Um destino, de sentir feito menino
Pois foi assim que sempre ficou
Mas na cabeça tem de haver tino
Para quem "mulherzinha" se tornou :)
(confesso...é difícil o processo!) :)

Meu beijinho travesso :)

Teresa Durães

Foi um jogo sim, como jogo é a vida
Umas vezes ganho,
outras dou-me por vencida :)

um abraço e um beijito à saída :)

alcinda leal

Obrigada agradeço eu pelo empenho
Nas palavras que criaram desenho
O dia foi igual...até um pouquito mal
Amiga, tenho andado adoentada
E isso tira a moral na "estrada" :)
Mas tudo vai bem, sem maior porém...
Beijinhos e pela visita muito obrigada! :)

Vieira Calado

Ah, o poeta reparou no vinho?!
Pois...quanto mais velhinho e abafado
Muito mais apaladado...
Meu dizer não está errado?
Sabe disso, quem conhece o "fado"
E quem melhor que Vieira Calado? :)

Beijo em saudação poética
De quem adora rima e métrica :)

Eduardo Aleixo

Com dizer tão lindo e melodioso
O meu ego fica demasiado "dengoso"
E depois quem é que me atura
Com toda esta "fartura"!?
Obrigada, meu amigo que ama poesia
Por isso o teu peito, também assim envia...:)

Um beijo com amizade e simpatia

poetaeusou

Sim, meu amigo poeta que és
Tentando sempre agradar nas marés
Do carinho, da afeição e amizade
Sorrindo mesmo no pontão da solidão
Estendendo a sua poeta mão
Que trás nas ondas a sua verdade
E a suavidade da luz do coração
Obrigada, com muita amizade
E um grande xi-coração :)

Multiolhares

Sim, na verdade é bem isso que pretendo
Que um arco-íris seja meu livro de vida
Em página branca de luz, em paz sentida
Com o coração de menina, em guarida :)

Meu beijinho com coração de carinho

E a quem passou e o passinho não registou
agradecidos sorrisos que a página guardou!

AnaMar (pseudónimo) disse...

Azul poema azul melodia, bailando leve, assim as palavras, pura poesia.
Nada que é TUDO, em amor desatino, destino sem hora marcada, sabor a vinho, mosto em fogo num pranto em desalinho.

(Como é bom ler-te;-))

tinta permanente disse...

Era uma vez...
sempre bonita a forma de arrumar palavras em versos!
abraços!

Baila sem peso disse...

AnaMar

Como é bom receber o teu carinho
Que fala assim dando-me miminho
Obrigada fica na estrada
De quem andou daqui afastada :)

Mil e um beijo pela tua magia


tinta permanente

E bem arrumadinhas ficaram
No conto de “era uma vez”
Que decerto a vida conjugaram...
Tuas palavras em alento me elogiaram!

E meu abraço os sentires solidificaram! :)