sexta-feira, 19 de março de 2010

Saudade de anjo


Hoje eu estou parada
Assim quase um nada
Como a lágrima
Que rola em solidão
Mas só dentro do coração
Que olha através da janela
A chuva, a brisa, feita sentinela
Num quadro de plena apatia
Em que não falta utopia
Dos silêncios medrosos
Que vêm bem buliçosos...
Hoje acordei sem anjo por perto
Para afagar o meu deserto
E tive saudades de ti...
Tantas, tantas...que quase morri!

12 comentários:

DE-PROPOSITO disse...

E tive saudades de ti...
------------
É bom ter saudades de alguém. Quando há o reencontro, a doçura do momento torna-se mais esplendorosa.
-----------
Fica bem.
E a felicidade juntinho de ti.
Manuel

poetaeusou . . . disse...

*
a saudade
voa nas brisas soantes
cantantes
entre o nada e o perto
onde desperto
no deserto
de não estares
e não cantares
o hino da felicidade .
,
amigáveis conchinhas,
deixo,
,
*

Áurea disse...

Linda que bailas sem peso
Porque o poso não faz bem...
Este poema me diz
Não é teu dia feliz
Pede ajuda a alguém!!!

Já te conheço um pouquinho
Ou será que me enganei!!
Desejo muito que sim
Sai! Vive a vida que há em ti
Será que te importonei???

Adoro teus poemas
Não me canso de dizer
Não te pegues a dilemas
Nem escreves por escrever!!!

Bjo Com amizade.
Áurea

a.mar disse...

Um Abraço de Mil palavras harmoniosas em teu redor!

Multiolhares disse...

existem momentos assim onde parece que o nosso anjo nos esqueceu
beijitgos

clic disse...

De meu deserto me enfeito
Se não estás perto de mim
Só saudades há no peito
Não quero dias assim

:)

Eduardo Aleixo disse...

Tão lindo, melancólico, doce o teu poema.
Poema de saudades do teu anjo, da tua companhia...
Onde estaria ele?
Se calhar também sem alegria.
Os anjos precisam de estar sós, por vezes, será?
Se assim foi, ele volta.
Por isso não fiques triste.
Ele vai voltar e gostar de ler o teu terno poema.
Beijinho

pin gente disse...

há dias de saudade... só de saudade.


um abraço

tinta permanente disse...

Quando um entusiasmo arrefece... é melancolia!
abraços!

Lua disse...

Texto muito bom!

Gostei de te ler!

Baila sem peso disse...

DE-PROPOSITO

Este encontro só se for lá no firmamento…...
E eu tive saudades (talvez) do meu avozinho
E lhe dediquei (a ele e outros) o carinho...
Anjo na terra era ele, sem qualquer fingimento!

Obrigada pela tua dedicada companhia
Amigo de sempre que se deseja todo o dia...

Meu beijinho pela tua simpatia

poetaeusou

Há dias assim, não é poeta?
Recordações de anjos da terra
Que nos deixaram um dia...
Trazem momentos de saudades
E montes de nostalgia...
Diria que foi um dia, um profeta
Contando lindas histórias, a sua neta
Ah, mas sei que ele sempre me espreita
E a sua presença é uma carícia eleita!...

Troco com beijos de ternuras bailarinas

Áurea

Obrigada pela tua preocupação
Mas não tenhas cuidados, não?!
O meu anjo que se foi da terra
Era de um olhar azul celeste
Um avozinho que de ternura se vestia
Era pai, avô, amigo e tudo, em magia...
Sim, partiu há muito ano
Mas no dia do pai que foi comemorado
Me veio em seu elevado estado
De um anjo de ternura encantado...
Sei que tenho a sua companhia
Mas tem dias em que nos alimenta a melancolia
E parece que sentimos mais nossa “simpatia”...
Provavelmente acalentei a falta, com a poesia! :)
E outros anjos da terra, zelam por mim
Se tão bem me conheces, sabes que é assim :)

Obrigada pelo teu estar presente!
Bom saber, existem anjos no meio de gente!

Meu beijo de amizade (e fica sempre curiosidade)

a.mar

Recebi o teu Abraço enorme
Com Mil cuidados no seu ser
Na entrega da palavra
Que harmonia veio trazer

Outro também para ti e te leve, muito leve
A magia linda da troca da ternura acontecer

Multiolhares

Na verdade existem sim, momentos tristes
E logo nos nossos anjos pensamos
Porque eles, tu bem sabes, estão dentro de nós
Só precisam o carinho, com que os chamamos...

Obrigada pela tua visita e acredita
Anjos do Céu, comungam com anjos da terra
Numa roda viva, que é a nossa esfera
E um beijito também, fica aqui à tua espera :)

clic

Não quero dias assim!...
Claro que não são desejados!
Vou tentar adoçar a saudade
Com anjos da terra, bem amados :)

E deixo-te o meu sorriso bem disposto
Num “clic”, ao ler teu desejo bem posto:)

pin gente

Sim só saudade...aqui a noto em ti
Já há muito que não me visitavas
Nem eu te visitava a ti...
Foi ficando espaço pelo caminho
Mas hoje recebi teu carinho...

E deixo-te um beijinho

tinta permanente

Sim...é na verdade realidade
Melancolia...faltou o Entusiasmo...
E quando assim a alma sente
O Anjo fica ausente...
Mas Ele sempre volta...
Se não for o Avô que “herança” deixou
É Aquele que normalmente
Se mistura com outra gente :)

Meu beijo que só um Anjo sente

Lua

Agradeço a visita ao bailado
Agradeço esse apreço ao meu dizer
Esse estar no “lado lunar”
Tem um lindo transparecer :)

Fica beijinho no teu nome e seu ser :)

a todos que passaram
com silêncio me enfeitaram
os meus carinhos ficaram

Baila sem peso disse...

Eduardo Aleixo

Mil desculpas meu querido amigo
saltei o teu nome nas respostas
por favor me perdoa, que minha falta não te doa!!!!!
Sim tens razão, o anjo sempre volta
nem que seja dentro de nós
ele bate à nossa porta!
Obrigada por estares aqui
desculpa, se no teu dizer doce
me perdi!

Tem um bom fim-de-semana
Meus beijinhos a duplicar

para a falta apagar