domingo, 16 de agosto de 2015

Toma uma rosa...




Toma uma rosa feita por mim
Sim, eu sei...tu és mais magnólia
Ou talvez pitadinha de jasmim
Mas toma...que é doce e macia!
É uma rosa feita de tudo
É uma rosa feita de mim...
Moldei-a num pote de alquimia
Bordada p`la magia de meu jardim
Com meu céu, fiz seu olhar de veludo
De meu mar lhe dei ondas em sussurro mudo
Pintei unicórnio e o azul lhe roubei
Da foz do meu rio as lágrimas tirei
E ela nasceu rubra e airosa
Como o fogo da terra em vulcão
Sabes...ela quer ser ninho de coração
Ou simplesmente...quer ser tua rosa!

5 comentários:

Eduardo Aleixo disse...

Lindíssimo poena.
Já tinha saudades do teu cantinho.
Esta rosa e uma estrelinha aberta e perfumada.

heretico disse...

beijo, minha amiga.

"dai-me rosas/e lírios também..."

belo o perfume. teu.

DE-PROPOSITO disse...

Uma rosa !,... espero que não tenha espinhos.

Felicidades
MANUEL

Teresa Durães disse...

Lindo!

Baila sem peso disse...

Eduardo Aleixo

Obrigada meu doce amigo
É uma rosa feita por mim
Nos tempos de horas vagas
É um perfume que trago comigo
E entrego ao Mar e suas águas
Para que entregue o carinho
A quem nade no seu "barquinho" :)
E ao céu também numa estrelinha
Entregue Luz a alguma alminha :)

Beijinhos

heretico

Sempre simpático e poético
meu amigo heretico!
Prometo quando fizer lírios
os deitarei aos ventos
alimentados por margens de rios...
E na Esperança :)
terei essa vontade
que cheguem juntinho de ti
e te façam sorrir de verdade! :)

Beijo sentido

DE-PROPOSITO

Não meu querido amigo
Minha rosa não foi feita com espinhos
Foi apenas feita de papel
E montes, montes de carinhos!! :)

Beijinhos

Teresa Durães

Quanto tempo tem ?!...
Vejo o perfume da minha rosa
Chegou aí também...
Obrigada pelo teu gostar
Saber-te como te sei
Tua apreciação
É um elogio
Que faz do meu dizer, Rei!:)

Parabéns pelo teu caminho
Obrigada pelo teu carinho!

Abracinho